Ouça a Rádio Estação Cultura 96,3 FM

  ambiente virtual

ESTAÇÃO CULT

FUNDAÇÃO

ACESSO A INFOR

DOMINIO PUB

CAPES

sisreq

ouvidoria

 

OBAP 2018

 

Oitava edição da Olimpíada Brasileira de Agropecuária (OBAP) será internacional

Acesse o site da OBAP e confira o regulamento!

 

Cartaz OBAP 2018 01O Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS) informa que já está disponível o regulamento da oitava edição da Olimpíada Brasileira de Agropecuária (OBAP). A competição desse ano traz uma novidade, além da participação de estudantes brasileiros, também poderão se inscrever estudantes estrangeiros oriundos das nações pertencentes à Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP): Angola, Cabo Verde,Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

A competição é voltada para estudantes dos cursos da área de agrárias (Técnico em Agropecuária, Técnico em Agroecologia, Técnico em Meio Ambiente, Técnico em Agronegócio, Técnico em Alimentos, Técnico em Agroindústria e demais cursos do Eixo Tecnológico Recursos Naturais do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.

A olimpíada estimula o ingresso de jovens do ensino médio/técnico integrado, concomitante e técnico subsequente em carreiras técnico-científicas, incentivando a participação em atividades de iniciação científica, colocando-os em situações desafiadoras, estimulando a cooperação e a integração entre os participantes.

Inscrições

As inscrições serão realizadas, exclusivamente via internet, na página oficial da OBAP (www.obap.ifsuldeminas.edu.br), entre os dias 15 de maio e 15 de junho. Os orientadores devem realizar a inscrição com o preenchimento obrigatório dos dados completos de todos os integrantes da equipe. Os dados serão utilizados para criação dos logins na plataforma de provas, comunicação oficial da competição por e-mail, identificação das provas presenciais e emissão de certificados. No dia 16 de julho de 2018, os orientadores receberão via e-mail (cadastrado no ato da inscrição) o login para a equipe acessar a Plataforma de Provas da olimpíada, disponível na página: www.obap.agr.br .

Equipes

As equipes serão compostas por quatro pessoas de uma mesma instituição, com a participação obrigatória de um orientador e três estudantes, devidamente matriculados, da modalidade de ensino médio/técnico em regime integrado/concomitante ou da modalidade do técnico subsequente

A equipe não poderá ser composta por estudantes de modalidades de ensino diferentes. Poderão ser orientadores: professores e técnicos administrativos (efetivos ou contratados) atuantes na instituição de origem dos estudantes que compõem a equipe. Não há limite de equipes para um mesmo orientador, na mesma ou em diferentes modalidades, e nem para o número de equipes inscritas por instituição.

Competição

A OBAP contará com duas fases, sendo uma escolar (virtual) e uma final (presencial) que acontecerá de 14 a 16 de setembro no IFMG – Campus Bambuí. A primeira fase será realizada entre os dias 1 e 3 de agosto e contará com 40 questões de múltipla escolha nas áreas descritas no conteúdo programático, com valor total de 40 pontos. Já a segunda etapa ocorrerá em setembro e será presencial.

Essa fase compreende duas etapas: primeira (classificatória), na qual as equipes classificadas deverão realizar prova prática proposta pela organização, com valor de 20 pontos para a equipe. Já a segunda etapa (classificatória) será presencial, acontecerá entre os dias 14 e 16 de setembro e contará com duas etapas. Na primeira etapa (classificatória), as equipes classificadas deverão realizar provas práticas propostas pela organização, com valor será 20 pontos para a equipe. Na segunda etapa (classificatória), cada estudante responderá individualmente uma prova teórica contendo vinte questões objetivas (1 ponto cada) e quatro questões discursivas (5 pontos cada), nas áreas descritas no conteúdo programático.

Classificação e participação na fase presencial

Na modalidade ensino/técnico médio integrado ou concomitante (somente equipes brasileiras), será classificada para a segunda fase, em ordem decrescente de pontuação, a melhor equipe de cada unidade educacional (instituição/campus) participante, que obtiver aproveitamento igual ou superior a 70% dos pontos da fase escolar (virtual), até o limite total de trinta equipes. Na modalidade técnico subsequente, das equipes brasileiras, serão classificadas para segunda fase, em ordem decrescente de pontuação, a melhor equipe de cada unidade educacional (instituição/campus) participante, que obtiver aproveitamento igual ou superior a 70% dos pontos da fase escolar (virtual), considerando o limite total de dez equipes. Dos participantes estrangeiros, serão classificadas as duas melhores equipes de cada país.

Premiação

Na modalidade de ensino médio integrado ou concomitante, receberão medalhas as quinze melhores equipes. Sendo, cinco medalhas de bronze, cinco de prata e cinco de ouro. Já na modalidade Subsequente, receberão medalhas as nove melhores equipes. Sendo três medalhas de bronze, três de prata e três de ouro. A premiação individual será destinada ao estudante de cada país que obtiver a melhor nota na prova teórica. Os estudantes das equipes medalhistas da modalidade de ensino médio/técnico integrado ou concomitante poderão ser convidados a participar da seletiva para representar o Brasil na IESO no ano de 2019 que acontecerá na Coreia do Sul. Os estudantes podem acessar a prova com questões dos anos anteriores disponível na Plataforma de Provas da OBAP (https://obap.ifsuldeminas.edu.br/moodle2/) para treinar para competição. 

Texto: Ascom/Reitoria IFSULDEMINAS
04/04/2018

 

 

sele instituto federal

selo rede de ensino