Ouça a Rádio Estação Cultura 96,3 FM

  ambiente virtual

ESTAÇÃO CULT

FUNDAÇÃO

ACESSO A INFOR

DOMINIO PUB

CAPES

sisreq

ouvidoria

 

Notícias Noticias 2017 FAB no campus
FAB no campus

Setor produtivo do Campus Machado recebe a visita de representante da Fazenda da Aeronáutica de Pirassununga.

DSC 0896Nos dias 13 e 14/12 o campus Machado recebeu a visita do 2º Tenente Gabriel Vilela Manvailer, lotado na Fazenda da Aeronátuica em Pirassununga, onde atua como Chefe da Seção de Latícinios e da Fábrica de Ração. A visita técnica visa conhecer as tecnologias adotadas pelo campus em seu setor de laticínios, em uma troca de experiências. “A Força Aérea já dispõe da produção de iogurte, queijo minas frescal, leite pasteurizado e doce de leite, mas queremos diversificar. Entendemos que o IF está habilitado para tecnificar outras instituições governamentais, o que é de grande valia. Vim buscar as tecnologias de muçarela, provolone e de sorvete, para que possam incrementar as refeições de nossa Força”, disse Manvailer.

A Fazenda da Aeronáutica é uma organização militar com autonomia administrativa, subordinada diretamente ao comando da Academia da Força Aérea (AFA). Tem como atribuições ocupar produtivamente as áreas sob sua responsabilidade com atividades agroindustriais, suprir as organizações militares sediadas no Estado de São Paulo, com gêneros de sua produção e beneficiamento. Além disso, abastece o pessoal militar e civil da guarnição por meio de um serviço de reembolsável, em que comercializa o excedente da produção, gerencia e executa todo o processo de montagem das rações operacionais para o Comando da Aeronáutica.

Formado em Zootecnia, Mestre em Ciência Animal e cursando o 8º semestre de medicina veterinária, Manvailer ainda destacou o acolhimento recebido. “O atendimento do campus foi diferenciado. Fui muito bem recebido e atendido. Isso fez com que entendêssemos que pode haver uma interação entre as entidades. Fizemos várias pesquisas anteriores em unidades que tinham perfil próximo ao nosso. Entrei em contato solicitando informações e a possibilidade da vinda. Percebi, desde esse momento, a abertura para aprendizagem, tanto na produção quanto na gestão com as equipes de serviço. Gostaria que a equipe de laticínio também visitasse a unidade militar de Pirassununga para essa troca de experiências. Estou bastante feliz com o que vi e aprendi aqui”, destacou.

Saiba mais sobre História da Fazenda da Força Aérea em Pirassununga

index 9Sua história começa em 1942, quando o então Ministro da Aeronáutica, Joaquim Pedro Salgado Filho, em oficio de n. º G/213 de 07 de novembro daquele ano, fazia uma exposição de motivos ao Presidente da República Getúlio Vargas sobre a necessidade de um local para implantação de uma nova e definitiva Sede da Escola de Aeronáutica.

Através de decreto n.º 13.882, de 08 de março de 1944, o Governador do Estado de São Paulo declara de utilidade pública a área de 6.502 hectares e o então interventor do Estado de São Paulo, Dr. Fernando Costa, faz a entrega da área ao Ministério da Aeronáutica.

A FAYS passou, então, a ser um estabelecimento agropastoril com a finalidade de suprir as Unidades Militares e as famílias dos funcionários, civis e militares nela estabelecidos. Tinha, ainda, como objetivo, manter a vigilância de toda a área doada ao Ministério.

Com a criação, em 23 de agosto de 1945, através do decreto lei 7.892, do Serviço de Intendência da Aeronáutica, a Fazenda da Aeronáutica subordinou-se aos serviços de Reembolsável. Em 04 de junho de 1948, o Capitão Intendente Francisco Marcondes Teixeira Leite Júnior assumiu, oficialmente, a direção da FAYS. Pela Portaria nº 047/GM3, de 12 de janeiro de 1978, é concedida a Semi-Autonomia Administrativa à OM, e pela Portaria nº 330/GM3, de 24 de março de 1981, o Ministro de Estado da Aeronáutica concede Autonomia Administrativa à FAYS.

São explorados 3.380 hectares, assim distribuídos: 1.326 com culturas anuais e perenes, 251 com exploração animal e 1.803 arrendados para o cultivo de soja e cana industrial. Desenvolve, ainda, diversas atividades relacionadas à agroindústria: usina de beneficiamento e industrialização de leite (135 mil litros/mês); beneficiamentos de arroz (30 mil quilos/mês), de feijão (40 mil quilos/mês) e de café (30 toneladas/mês); abatedouro para bovinos e suínos (normas de inspeção do SISP); fábrica de ração, única da FAB, para 140 toneladas/mês (bovinos de corte e leite, suínos, eqüinos, aves e peixes). Seu acesso se dá pela SP-201, no Distrito de Cachoeira de Emas. Conheça a fazenda da FAB em Pirassununga: http://www2.fab.mil.br/fays/index.php/imagens/event/Um_dia_na_FAYS#0

(Fonte: http://www2.fab.mil.br/fays/index.php/historico)

 

 

Texto: Ascom Machado

Fotos e edição Joomla: Diego Souza

comunica.machado@ifsuldeminas.edu.br

14/12/2017

facebook  

twitter

 

 

sele instituto federal

selo rede de ensino